Quem inventou a escola?

Perguntado por: acoutinho . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.5 / 5 2 votos . 3 colaboradores . 613 visualizações

Os jesuítas criaram as primeiras escolas quando aqui chegaram em 1549, com o objetivo de formar sacerdotes e catequizar o índio, dedicando-se também à educação da elite nacional. A Companhia de Jesus foi uma instituição criada essencialmente para fortalecer e defender a Igreja.

Os padres Nóbrega e Anchieta, mais alguns auxiliares, ensinavam as crianças indígenas a ler, escrever, contar. Ao mesmo tempo lhes davam lições de catecismo, falavam de Deus e de Jesus Cristo. A isso chamavam catequizar. A palavra “escola” vem do grego “scholé” ( a pronúncia é escolé), que significa “lugar de ócio”.

A escola existe com a finalidade de inserir as crianças em um círculo social, onde ela irá conhecer estranhos, obedecer às regras e. Além disso, um dos fatores mais importantes da escola é transferir o conhecimento às pessoas e passar os conceitos básicos da vida em sociedade.

Escola mais antiga do mundo: Chengdu Shishi
Originalmente, foi construída em pedra, daí o nome Shishi, que significa câmara de pedra. Local: China. Fundação: ano 143 A.C.

Os jesuítas criaram as primeiras escolas quando aqui chegaram em 1549, com o objetivo de formar sacerdotes e catequizar o índio, dedicando-se também à educação da elite nacional. A Companhia de Jesus foi uma instituição criada essencialmente para fortalecer e defender a Igreja.

Anísio Teixeira

No entanto, desde a década de 1930, o educador, jurista e escritor brasileiro Anísio Teixeira já lutava por esses ideais. Ele é considerado o criador do sistema público de educação no país.

A primeira escola prrimária brasileira foi fundada em Salvador,em 1549, pelo padre Manuel Da Nobrega. É o primeiro mestre-escola do Brasil foi o jesuíta Rijo Rodrigues.

Antigamente só quem estudavam eram os meninos, as meninas aprendiam a ser donas de casa e boas mães, bordando, costurando e as mais afortunadas, tinham aulas particulares de piano e outras coisas mais. Só com o passar do tempo a escola se tornou mista, isto é, estudavam tanto meninos quanto meninas.

Assim como a família, a escola tem também sua fundamental importância para o aprendizado de todos nós, principalmente das crianças e adolescentes. A escola possibilita através da convivência uns com os outros uma troca de conhecimento, um amadurecimento intelectual e amistoso, contribuindo assim para o convívio social.

A função básica da escola é garantir a aprendizagem de conhecimento, habilidades e valores necessários à socialização do individuo sendo necessário que a escola propicie o domínio dos conteúdos culturais básicos da leitura, da escrita, da ciência das artes e das letras, sem estas aprendizagens dificilmente o aluno ...

É lá que aprendemos a ler, e isso é importante para lermos aquela história em quadrinhos que gostamos; a escrever, que vai nos ajudar a fazer bilhetinhos para nossos amigos e a fazer contas, que vai ser importante para comprar um pão de queijo na cantina.

Colégio Gentil Bittencourt

O Colégio Gentil Bittencourt (CGB) é uma instituição de ensino particular brasileira, fundada em 1804, situada no bairro de Nazaré da cidade paraense de Belém (capital do estado brasileiro do Pará). É considerada a instituição educacional mais antiga do país em funcionamento ininterruptamente.

Instituto Le Rosey

Fundado em 1880 por Paul-Émile Carnal, o Instituto Le Rosey é a escola mais cara do mundo. O internato suíço extremamente luxuoso e exclusivo conta com dois campus gigantescos.

Em 2006, o Ministério da Educação determinou que todas as escolas, públicas e particulares, deveriam começar com o sistema de ensino em nove anos. É uma lei federal. As escolas levaram um tempo para se adequar. Algumas começaram em 2006, mas a maioria iniciou em 2007.

Na Grécia e na Roma antigas os homens livres dispunham de muito tempo ocioso, e com o objetivo de ocupá-lo, cria-se uma instituição que conhecemos até hoje: a escola. Lá os cidadãos adquiriam conhecimentos condizentes com os interesses da sociedade em que viviam.

Mas as diferenças entre as escolas antigas e atuais não se resumem apenas a tecnologia. Do papel do professor ao protagonismo do aluno, passando pelo método de ensino e o perfil curricular, as escolas antigas e atuais têm muitas diferenças, que foram aumentando com a chegada de metodologias de ensino inovadoras.

Foi assim que nasceu o embrião do ensino no Brasil, em 1549, quando os primeiros jesuítas desembarcaram na Bahia. A educação pensada pela Igreja Católica - que mantinha uma relação estreita com o governo português - tinha como objetivo converter a alma do índio brasileiro à fé cristã.

Em 1969, o Regime reforçou esse caráter por meio da Emenda Constitucional nº1, considerada por muitos como uma nova Constituição, que previa em seu artigo 176 que “Respeitadas as disposições legais, o ensino é livre à iniciativa particular, a qual merecerá o amparo técnico e financeiro dos Poderes Públicos, inclusive ...

Você acertou! "As primeiras escolas surgiram no Egito Antigo, quando houve uma divisão intensa do trabalho. Nessas escolas, eram repassados aos alunos ensinamentos de caráter moral e político".

1.1.4 O Surgimento da educação pública
Foi em 1717, na Prússia, que surgiu a educação pública, instituída escola obrigatória para crianças entre 5 e 12 anos, pelo rei Frederico Guilherme, surgindo posteriormente, inclusive, leis que impediam a contratação de qualquer criança que não concluísse esse estudo obrigatório.