Quantos ossos tem o corpo humano?

Perguntado por: emata6 . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.5 / 5 17 votos . 12 colaboradores . 1324 visualizações

Segundo Tirapelli, o esqueleto humano é constituído por 206 ossos considerados constantes, mas o número pode variar de acordo com alguns aspectos, “principalmente a idade. O número de ossos diminui com a idade e, também, segundo critérios de contagem utilizados pelos anatomistas.”

fêmur

Isso acontece porque, depois de algum tempo, muitos ossos fundem-se, formando apenas um. O maior osso do esqueleto humano é o fêmur. Em pessoas de 1,80 m, o fêmur apresenta aproximadamente 50 cm. O menor osso do corpo humano é o estribo, localizado na orelha média.

Você sabia que o menor osso do corpo humano está localizado dentro do ouvido? Junto com a bigorna e o martelo, o estribo forma o conjunto de ossos responsável pela audição humana, os famosos e popularmente conhecidos como “ossinhos” do ouvido. O estribo chega a ser tão pequeno, que mede entre 2,5 e 3 milímetros.

Juntos eles formam a porção óssea da cavidade craniana, que protege importantes estruturas, como o cérebro e o cerebelo.

  • Osso frontal. ...
  • Ossos temporais. ...
  • Ossos parietais. ...
  • Osso occipital. ...
  • Osso esfenoide. ...
  • Osso etmoide.

Sabia que quando os bebês nascem eles têm cerca de 70 ossos a mais do que os adultos? Com o tempo, alguns desses ossos se fundem, como no crânio.

“Os ossos dos bebês são cartilagens constituídas por fibras de colágeno e tecido conjuntivo, proporcionando mais flexibilidade. Isso explica porque o feto consegue ficar tão encolhidinho na barriga da mamãe. Ao longo da vida, eles vão se fundindo e, por isso, o número diminui”, esclarece a pediatra.

A tíbia é outro osso primário da perna e apresenta em torno de 43.18 cm, sendo segunda posição nesta seleção, dos 10 maiores ossos do corpo humano. A tíbia conecta o joelho até o tornozelo.

O fêmur é o osso da coxa, o maior do nosso corpo. Sua extremidade superior é o local onde o membro inferior se articula com a bacia, possibilitando a movimentação do quadril. Esta região, conhecida como fêmur proximal, é sede frequente de fraturas.

fêmur

Coxa: é formada pelo maior osso do corpo, o fêmur.

Ajude a inserir referências. O osso lacrimal, o menor e mais frágil osso da face, está situado na porção anterior da parede medial da órbita. Ele tem duas superfícies e quatro bordas.

osso hioide

O osso hioide (pré-AO 1990: osso hióide) (em latim Os Hyoideum) é um osso que fica na parte anterior do pescoço, abaixo da mandíbula e à frente da porção cervical da coluna vertebral. Não está articulado com nenhum outro osso, apenas com músculos. É apenas suportado pelos músculos do pescoço.

Com exceção das vértebras cervicais, o osso hioide é o único osso localizado na porção anterior do pescoço. Ao contrário de outras estruturas ósseas, não se articula diretamente com outros ossos, e está conectado aos ossos vizinhos através de anexos musculares e ligamentares.

Os 206 ossos de um adulto estão distribuídos da seguinte forma:

  • 64 ossos nos membros superiores (incluindo a cintura escapular), 62 ossos nos membros inferiores (incluindo a cintura pélvica),
  • 28 ossos no crânio,
  • 26 ossos na coluna,
  • 24 costelas,
  • 1 osso hioide e 1 esterno.

ossos do tórax (costelas, vértebras, esterno) ossos do abdômen (vértebras lombares, sacro, cóccix) ossos dos membros inferiores (cintura pélvica, coxa, joelho, perna e pé) e ossos dos membros superiores (cintura escapular, braço, antebraço e mão)

Patela: Osso que forma o joelho. Tíbia: É conhecida como osso da canela. Fíbula: É conhecida como osso da panturrilha. Ossos do tarso: tálus, calcâneo, navicular, cuboide, cuneiforme medial, cuneiforme intermédio e cuneiforme lateral.

Waxenbaum revela que bebês têm mais ossos que humanos adultos, que totalizam 206. "A maioria extrema de ossos em nosso corpo adulto não aparentam ser o que eram quando recém-nascido ou criança", conta. Recém-nascidos podem chegar a ter até mais de 300 ossos distintos, quase 100 a mais do que temos na vida adulta.

A ossificação começa no terceiro mês de vida fetal em humanos e é completada no final da adolescência. O processo toma duas formas gerais, uma para o osso compacto, que constitui cerca de 80% do esqueleto, e a outra para o osso esponjoso, incluindo partes do crânio, das omoplatas e das extremidades dos ossos longos.

O crânio é uma caixa óssea que tem como função proteger o cérebro e os órgãos do olfato, da visão e da audição, além dos órgãos externos do sistema respiratório e digestório. Ele é formado por 28 ossos.

O tecido cartilaginoso é uma forma especializada de tecido conjuntivo de consistência rígida. Desempenha a função de suporte de tecidos moles, reveste superfícies articulares, onde absorve choques, e facilita o deslizamento dos ossos na articulação.

A) Longo: é quando o seu comprimento sobressai-se à sua altura e largura. Ex: fêmur, tíbia, fíbula, rádio, ulna, falanges, etc. Possui um canal central com medula óssea amarela.