Quantos ossos tem na mão?

Perguntado por: avelasques . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.5 / 5 8 votos . 8 colaboradores . 898 visualizações

Existem 27 ossos da mão. Em conjunto com as articulações e os músculos, essas estruturas ósseas garantem o manuseio de objetos e execução de atividades como digitar, pintar, escrever, desenhar, etc. A mão é definida como a parte final de cada extremidade superior, ou seja, o braço.

Cada osso do carpo possui um nome, que da direita para a esquerda são: trapézio, trapezóide, captato, hamato, escafóide, semilunar, piramidal e psiforme.

Além dos ossos do quadril (ílio, ísquio e púbis), ao todo, existem outros 30 ossos localizados nos membros inferiores: 1 osso na coxa, 3 ossos na perna e 26 ossos no pé.

O possui 7 ossos tarsais, 5 metatarsais e 14 falanges (Figura 2).

A mão divide-se geralmente em três regiões: carpo, metacarpo (os ossos da palma da mão) e falanges.

O carpo é o termo anatômico para o punho, e conecta o rádio e a ulna do antebraço com os ossos do metacarpo na mão, sendo composto por oito ossos individuais que se encontram dispostos em duas organizadas fileiras de quatro.

Em síntese, a falange se refere aos ossos dos dedos das mãos. Isso é, cada dedo possui três falanges e, apenas o polegar, apresenta duas falanges. Ao todo, os dedos da mão são compostos por 18 falanges. Além disso, classificam-se como polegar, indicador, médio, anular e auricular.

Falange proximal, articulam com os metacarpais ou metatarsais; Falange média (ou "falanginha") e; Falange distal (ou "falangeta"), nas extremidades dos dedos; A principal função das falanges é da mobilidade as dedos.

Visão geral

  • O primeiro metacarpal se articula com o trapézio.
  • O segundo metacarpal se articula com o trapézio, o trapezoide e o capitato.
  • O terceiro metacarpal articula-se com o capitato.
  • O quarto e o quinto metacarpais se articulam com o hamato.

Perna: é formada por dois ossos: tíbia e fíbula.

É formado por cinco diferentes ossos: navicular, cuboide, cuneiforme medial, cuneiforme intermédio (médio) e cuneiforme lateral. De todos os ossos do tarso, o cuboide é o que está na posição mais lateral. O osso navicular é de grande importância para movimentar o para fora e para dentro, realizando rotação.

É formado por cinco diferentes ossos: navicular, cuboide, cuneiforme medial, cuneiforme intermédio (médio) e cuneiforme lateral. De todos os ossos do tarso, o cuboide é o que está na posição mais lateral. O osso navicular é de grande importância para movimentar o para fora e para dentro, realizando rotação.

O joanete no é uma saliência óssea ou um “osso mais saído que o normal” que pode causar dor mais frequentemente ao caminhar ou quando usa calçado inadequado. É uma deformidade que afeta com maior frequência o primeiro dedo ou “dedo grande do ”, como veremos adiante.

e Tornozelo:
A articulação do tornozelo é formada pela união dos ossos da perna – tíbia e fíbula – e o osso do talo (um grupo de ossos conhecidos coletivamente como tarso, localizado no ). Juntos, esses três ossos formam uma articulação sinovial que permite a flexão plantar e a flexão dorsal do .

A mão em si consiste de ossos específicos sobre os quais vários músculos se inserem, e uma coleção de estruturas neurovasculares responsáveis pela drenagem e inervação. Entretanto, os músculos intrínsecos da mão são responsáveis somente por parte de toda a sua amplitude de movimento.

O punho realiza movimentos em torno de dois eixos, sendo que no plano sagital e eixo transversal são executados os movimentos de flexão e extensão. No plano frontal e eixo anteroposterior os movimentos de adução (desvio ulnar) e abdução (desvio radial).

A rizartrose é uma artrose (osteoartrose) que atinge uma parte específica do corpo: a articulação do dedo polegar. Essa articulação, chamada de trapezometacarpiana, é formada por um pequeno osso do punho, o trapézio e a base do primeiro metacarpo.

Essas estruturas que formam o carpo se articulam da seguinte forma: os ossos da fileira superior se articulam com os ossos do rádio e ulna; já os ossos da fileira inferior se articulam diretamente com os ossos da base da mão, denominados metacarpos.

Ossos longos
Esses ossos são constituídos de uma diáfise, um corpo formado por tecido ósseo compacto, e epífases, que são as extremidades em tecido ósseo esponjoso. Exemplos: fêmur, úmero, rádio, ulna, fíbula e falanges.

Membros superiores: são formados pelo úmero (braço), ulna e rádio (antebraço), carpos (punho), metacarpos (palma da mão) e falanges (dedos). Membros inferiores: são formados pelo fêmur (osso da coxa), tíbia e fíbula (perna), patela (joelho), tarsos, metatarsos e falanges (dedos).