Quantos graus é febre?

Perguntado por: nmarques . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.3 / 5 19 votos . 14 colaboradores . 659 visualizações

Mas sabe com quantos graus pode concluir que a tem? De modo geral, pode se dizer que há febre quando temos mais de 38°C, ao se colocar o termômetro na axila.

A febre baixa, que compreende temperaturas entre 38,1º e 39º, não requer tratamento imediato quando o paciente apresenta bons sinais clínicos. Isso porque a variação da temperatura do corpo acima do normal, por si só, não indica uma infecção grave, sendo apenas um mecanismo de defesa do organismo contra a infecção.

Febre também exige preocupação se for persistente
Caso a febre chegue perto ou até mesmo atinja a marca dos 40°C, o quadro é considerado de fato perigoso e a procura por consulta médica ou ida ao pronto-socorro se tornam fundamentais.

Os primeiros sintomas de COVID-19 são: febre e tosse, geralmente seca. Dificuldade para respirar e fadiga também são conhecidos como sinais iniciais da doença em alguns pacientes. No sétimo dia, é avaliada a evolução do quadro do paciente e, em 80% dos casos, há uma melhora dos sintomas.

Infecções por vírus, bactérias e parasitas, doenças do sistema nervoso ou cardiovasculares são fatores que podem provocar o aumento da temperatura corporal. Em geral, a febre é um sintoma passageiro e ao perceber esse quadro o paciente deve buscar auxílio médico para descobrir qual é a real causa do problema.

Se pessoas com febre tiverem sinais de alerta. A temperatura é considerada elevada quando é superior aos 38 °C, conforme medida com um termômetro na boca ou mais alta que 38,2 °C, se medida por... leia mais , elas devem consultar um médico imediatamente.

A febre leve é aquela em que a temperatura está em 37,5 ºC. A febre moderada, por sua vez, é aquela que fica em torno de 37,6 ºC até 38,5 ºC. Já a febre alta é aquela que fica acima de 38,6 ºC.

A temperatura corporal normal para o ser humano varia entre 36,1ºC e 37,2ºC. Quando esse valor cai de forma repentina, atingindo um nível abaixo de 35ºC, é considerado que o corpo entrou em estado de hipotermia.

A gripe é a campeã das doenças nas quais a febre se manifesta em primeiro lugar. Nesses casos, a temperatura corporal pode atingir até os 42 ºC, dependendo da força no vírus naquele organismo.

De modo geral, as nossas dicas para baixar a febre alta são:

  1. Use roupas leves e folgadas;
  2. Fique em locais bem arejados;
  3. Coloque uma toalha umedecida sobre a testa e pulsos;
  4. Tome banho com água morna;
  5. Beba bastante água e líquidos em geral.

O tempo para a manifestação dos sintomas pode variar de um a cinco dias a partir do contato.

Caso leve. Caracterizado a partir da presença de sintomas não específicos, como tosse, dor de garganta ou coriza, seguido ou não de anosmia, ageusia, diarreia, dor abdominal, febre, calafrios, mialgia, fadiga e/ou cefaleia.

A febre é motivo de preocupação e alerta. ”Mas só devemos considerar febre quando a temperatura está acima de 37,8 C°. Tudo que é abaixo disso, acaba sendo estado subfebril ou febrícula e não devemos medicar, mas ficar atento e observar”, explica a pediatra Scheila Viégas.

É considerado febre quando a temperatura axilar é superior a 38ºC, no entanto, a temperatura pode ser classificada de diferentes formas:

  1. Ligeiramente aumentada (subfebril ou febrícula): 37,5ºC a 37,9ºC. ...
  2. Febre: 38ºC ou superior;
  3. Febre alta: acima de 39ºC.

Além das dores musculares e de cabeça, pode ter ainda a presença de calafrios, sensação de calor intenso, tremedeira e sudorese, uma transpiração excessiva. Além disso, a pessoa pode sentir ainda fraqueza, irritabilidade, apatia, perda de apetite, indisposição, desidratação e boca seca.

Em condições normais, nosso organismo tem a temperatura estável na média de 37º C. Quando despenca para 35 º C ou menos, ou seja, quando o corpo perde mais calor do que produz, há impactos fisiológicos, entre eles a diminuição do ritmo cardíaco e o abrandamento dos processos neurológicos.

Hipotermia é quando a temperatura do corpo se encontra abaixo dos 35°C. O organismo humano, para realizar suas funções metabólicas, precisa apresentar temperatura entre 36°C e 37.5°C.

Hipotermia: causas
Em sua grande maioria, o que causa hipotermia é a permanência humana em locais onde a temperatura ambiente é muito baixa; em outras palavras, exposição ao frio. Nesse caso, a taxa de calor que o corpo cede ao ambiente é muito maior do que a taxa de calor que o próprio corpo humano gera internamente.

Temperaturas elevadas podem causar confusão mental, delírios e convulsões. Quando a febre é muito alta, existe o risco de convulsões febris, especialmente em crianças abaixo dos 5 anos. Mas isso não costuma acontecer quando a febre está perto de 37 graus.

Estudos identificaram que o período de transmissão do vírus começa por volta de dois dias antes do surgimento do primeiro sintoma, durando até 10 dias após a aparição dos sintomas. O pico de transmissão ocorre por volta do quinto dia dentro deste intervalo.