Quantas vértebras tem a coluna?

Perguntado por: acamilo . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.4 / 5 8 votos . 14 colaboradores . 792 visualizações

Os ossos da coluna são chamados de vértebras. Existem 33 vértebras na coluna, sendo 7 cervicais, 12 torácicas, 5 lombares, 5 sacrais e 4 coccígeas. Qual é a função da coluna vertebral? A coluna vertebral tem função de sustentação de carga, locomoção, equilíbrio e proteção dos elementos neurais (nervos).

Na parte alta, encontramos a coluna cervical (pescoço) e suas sete vértebras: Vértebra Cervical 1 (C1), Vértebra Cervical 2 (C2) e, assim, sucessivamente: C3, C4, C5, C6 e C7.

A coluna vertebral é formada por: 7 vértebras cervicais; Não pare agora...

As vértebras lombares são os maiores segmentos da porção móvel da coluna vertebral. No ser humano, encontram-se cinco vértebras lombares, nomeadas de L1 até L5, compondo, assim, a região lombar. Estão localizadas após a região torácica e antes do sacro.

As regiões anatômicas da coluna vertebral são: cervical, torácica (ou dorsal), lombar, sacral e coccígea.

O atlas (C1) consiste em dois arcos (anterior e posterior) e contém duas massas laterais. As massas articulam com os côndilos occipitais do crânio, sustentando o seu peso. O axix (C2) contém uma projeção em formato de dente direcionada para cima (dente ou processo odontoide) e duas facetas articulares superiores.

As vértebras lombares estão localizadas depois da região torácica e antes do sacro. Elas são as maiores porque são as responsáveis por sustentarem maior pressão e peso do corpo.

O sacro é formado por um conjunto de cinco a seis vértebras fundidas. Durante a infância, essas vértebras ainda estão separadas, mas com a chegada da puberdade, as cartilagens da região passam por um processo de ossificação, formando uma única estrutura óssea.

A coluna vertebral estende-se desde a base do crânio à extremidade caudal do tronco. As vértebras sacrais estão fundidas e formam o osso sacro, assim como as coccígeas formam o cóccix. A pelve é a base da coluna, onde os membros inferiores se articulam.

Quinta vértebra lombar (L5) – L5 é significativamente diferente em morfologia, com seu corpo sendo muito mais profundo anteriormente do que posteriormente, o que permite a articulação com as proeminências sacrovertebrais.

Processos espinhosos: localizar o espaço intervertebral de L4-L5, deve-se mover os dedos em direção ascendente; Espinha ilíaca póstero-superior: repousam abaixo das depressões circulares encontradas acima das nádegas; Tuberosidade Isquiática: para este o paciente deve deitar-se em DL, fletindo o quadril.

As vértebras são nomeadas pela primeira letra de sua região (cervical, torácica ou lombar) e um número indica sua posição ao longo do eixo superior-inferior. Por exemplo, a quinta vértebra lombar (que é a mais inferior, localizada abaixo da quarta vértebra lombar) é chamada vértebra L5.

Dentre as principais estruturas do corpo humano está a coluna vertebral e suas divisões que são responsáveis por sustentar o eixo central do corpo. Também chamada de espinha dorsal, ela realiza a comunicação entre o sistema nervoso central e periférico por meio da medula espinal.

A coluna vertebral é formada por 33 vértebras, sendo 24 pré-sacrais (cervicais, torácicas e lombares), cinco vértebras sacrais e o cóccix, que é formado por quatro vértebras.

Vértebras Cervicais
A primeira chama-se Atlas, fazendo a articulação com o crânio (processo articular superior do atlas com o côndilo do occipital), e a segunda, Axis, cujo dente ("Dente do Áxis") articula-se com a Atlas. Ambas são fundamentais e singulares por permitirem os movimentos da cabeça.

A Coluna Cervical (C1 -C7) é composta pelas primeiras sete vértebras. Inicia bem abaixo do crânio e termina no topo da coluna torácica. A coluna cervical tem o formato de um C invertido (curva lordótica) e é muito mais móvel do que as regiões torácica ou lombar.

O dermátomo L4 é uma área da pele que recebe sensações através do nervo espinhal L4 e inclui partes da coxa, joelho, perna e pé. O miótomo L4 é um grupo de músculos controlados pelo nervo espinhal L4 e inclui partes de vários músculos nas costas, pelve, coxa, perna e pé.

As facetas conectam os arcos ósseos de cada corpo vertebral. Existem duas facetas entre cada par de vértebras, uma de cada lado. As facetas conectam cada vértebra com a outra, acima e abaixo. São principalmente desenhadas para permitirem aos corpos vertebrais um movimento rotativo entre si.

O sacro é um osso de formato triangular que fica na base da coluna vertebral, próximo às nádegas. Em crianças, ele é composto por 5 vértebras, que se fundem completamente aos 26 anos de idade. O sacro está ligado à bacia através de outro osso (ílio), e toda essa região é chamada de articulação sacroilíaca.

A coluna cervical localiza-se na parte alta, e é composta por sete vértebras, denominadas: Vértebra Cervical 1 (C1), Vértebra Cervical 2 (C2), Vértebra Cervical 3 (C3), e assim sucessivamente, C4, C5, C6 e C7.