Quantas refinarias tem no Brasil?

Perguntado por: opacheco . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.9 / 5 4 votos . 11 colaboradores . 985 visualizações

Existem 17 refinarias no Brasil, distribuídas em praticamente todo o território do país – em geral, perto dos centros consumidores. As maiores estruturas são de propriedade da Petrobras.

A Petrobras tem atualmente 12 refinarias em operação no Brasil, produzindo diariamente gasolina, diesel, querosene de aviação (QAV), óleo combustível, entre outros derivados de petróleo. São produzidos em média 1,8 milhão de barris destes produtos por dia.

Cerca de 94% do petróleo refinado no país é brasileiro. O número é de um estudo da área econômica da Federação Única dos Petroleiros (FUP), que mostrou ainda que essa participação poderia ser de 100%, caso algumas refinarias não escolhessem o uso do óleo estrangeiro em detrimento do nacional.

No processo de refino, os hidrocarbonetos são separados, por destilação, e as impurezas removidas, sendo produzindo então diversos derivados de petróleo, como lubrificantes, asfalto, coque, diesel, gasolina, GLP, nafta, querosene, querosene de aviação e outros.

Hoje, 75% do petróleo refinado no Brasil vêm do pré-sal, 17% são da Bacia de Campos, mais pesado, e ainda precisamos importar 8% de petróleo leve para conseguir a mistura ideal para o refino, tanto do ponto de vista técnico quanto do econômico.

As refinarias estão localizadas no estado de São Paulo (6), Rio de Janeiro (2), Rio Grande do Sul (2), Paraná (2), Bahia (2), Amazonas (1), Ceará (1), Rio Grande do Norte (1), Pernambuco (1) e Minas Gerais (1).

Paulínia

A maior refinaria de petróleo do Brasil fica em Paulínia, no interior de São Paulo, e completa 50 anos nesta quinta-feira (12). A Replan é uma das plantas da Petrobras, tem 9.125.000 m² de área total e envia diesel, gasolina, gás de cozinha e outros produtos para nove estados do país.

Entre agosto e novembro de 2021, a companhia se desfez da Refinaria Landulpho Alves (RLAM), em São Francisco do Conde (BA), da Refinaria Isaac Sabbá (Reman), no Amazonas, e da Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), no Paraná. Ao todo, oito das doze refinarias foram colocadas à venda.

A venda da Rlam faz parte do programa de desinvestimentos da Petrobras. Das 13 refinarias que a estatal tinha, oito foram postas à venda nesse programa. A Rlam foi a primeira cuja administração já foi transferida da estatal à iniciativa privada.

A Lubnor é a terceira refinaria da Petrobras colocada à venda pelo governo Bolsonaro. A primeira foi a Refinaria Landulpho Alves (Rlam), na Bahia, privatizada no final do ano passado com valor 30% abaixo do mercado e do estimado pelo Ineep e por bancos de investimento.

De acordo com os dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o Brasil possuía, em 2020, um total de 11,89 bilhões de barris de petróleo em reservas provadas.

O Brasil é dependente das importações, sobretudo de diesel. Em 2021, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo (ANP), o país comprou do exterior cerca de 40 mil barris/dia de gasolina e 250 mil barris/dia de diesel. O órgão regulador calcula que o índice de dependência externa é de 26% no diesel em 2021.

As exportações de petróleo brasileiro corresponderam a 32% da produção nacional entre 2005 e abril de 2022. No mesmo período, as importações chegaram a 13%, em média.

Basicamente, essa técnica consiste em colocar o petróleo em um forno ou fornalha para ser aquecido a cerca de 400ºC. Essa fornalha é acoplada a uma torre de destilação a pressão atmosférica (ou torre de fracionamento) que possui vários pratos ou bandejas de destilação (no máximo 50 bandejas).

Nas refinarias, os processos físicos e químicos mais utilizados para o refinamento do petróleo são: destilação fracionada, destilação a vácuo, craqueamento térmico ou catalítico e reforma catalítica.

O refino do petróleo consiste, basicamente, na separação das suas moléculas através do aumento da temperatura a que é submetido. Esse processo elimina ou pelo menos diminui a quantidade de impurezas, devendo ser executado, esse procedimento, dentro de rígidas normas técnicas de qualidade e segurança.

A resposta está relacionada às características do produto extraído no Brasil, à estrutura de refinarias e outros aspectos técnicos”, ressaltou ele. Boa parte das refinarias brasileiras foi construída na década de 1970, quando o petróleo era importado, porém, ele era do tipo leve.

O petróleo brasileiro, portanto, já nasce em dólar. Por ser uma commodity, ou seja, uma matéria-prima cuja precificação é feita em razão da oferta e procura internacional, os contratos são baseados na moeda americana. Há vários tipos de óleos crus, e valores diferentes são cobrados de acordo com a qualidade.

O Brasil produziu, no último mês de abril, 2,999 milhões de barris diários (Mmbbl/d) de petróleo, com aumento de 0,6% em comparação ao mês anterior. Em relação a abril de 2021, houve expansão de 0,8%.

Bacia de Campos: A Bacia de Campos é a maior e principal bacia petrolífera brasileira. Localizada na região que se estende por todo o litoral do Espírito Santo até o norte do Rio de Janeiro, é responsável por 80% da produção de petróleo no Brasil.