Quantas questões tem o ENEM?

Perguntado por: aquarteira . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.8 / 5 7 votos . 4 colaboradores . 764 visualizações

180 questões

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é composto por 180 questões objetivas de múltipla escolha. Esse total é dividida igualmente entre as áreas de conhecimento exigidas para a prova, ficando o exame estruturado da seguinte maneira: Área: Ciências da Natureza e suas tecnologias. Número de Itens: 45.

45 questões

São 45 questões para cada área de conhecimento, totalizando 180 perguntas objetivas. Além de responder às questões objetivas, os estudantes também devem escrever uma redação. As provas são aplicadas em dois domingos consecutivos. No primeiro domingo, os estudantes têm 5h30 para realizar as provas.

Não existe um número exato de acertos que garantem 700 pontos no Enem. Isso acontece devido ao método usado para corrigir as provas, a Teoria de Resposta ao Item (TRI), uma modelagem estatística que considera dois fatores para gerar uma pontuação final: o grau da dificuldade da questão (fácil, médio e difícil)

O Enem é difícil? O Enem testa os conhecimentos do participante sobre o conteúdo dos três anos do ensino médio. Aqui, vamos ser bem sinceros: pode ser difícil sim, principalmente se você já parou de estudar há um tempinho. Mas nada que não dê para superar com um pouco de dedicação e revisão da matéria.

Quanto tempo dura o Enem? Para cada dia de prova, o Enem possui um horário diferente, já que no primeiro dia os alunos realizam as questões mais a redação, uma atividade que pode demandar mais tempo do candidato. Somando os dois dias de prova, o Enem dura dez horas e meia.

O Resultado surpreendente é que 'chutando' todas as questões de maneira uniforme a nota alcançada supera a nota do Enem mínima divulgada. E, na pontuação por área da prova, pode chegar a quase 500 pontos em algumas delas.

Com o “novo Enem”, as 180 questões foram distribuídas em 4 provas, de acordo com as grandes áreas do conhecimento, com 45 questões de múltipla escolha cada. O número de questões de cada matéria, individualmente, varia de ano para ano.

A ruptura para 800 pontos se dá com mais ou menos 32 acertos. Já a ruptura de 900 ocorre com mais de 40 itens assinalados como corretos. Sérgio destaca que nas outras áreas esses números são bem menores. Em linguagens, por exemplo, é necessário praticamente fechar a prova para tirar 800, cravando 44 a 45 questões.

A prova do Enem é realizada em dois domingos consecutivos e se divide em quatro áreas: Linguagens e Códigos; Ciências Humanas; Ciências da Natureza; Matemática. O exame também cobra uma redação.

Matemática: 19 acertos.
Veja que menos acertos são necessários para que alcancemos 700 pontos em Matemática, mas Linguagens exigem mais respostas corretas. Isso acontece por causa do TRI! Como mais pessoas costumam ter dificuldades em Matemática, os acertos nessa prova acabam contando mais.

Fisioterapia: 670 a 830 pontos. Gestão de Recursos Humanos: 600 a 720 pontos. História: 570 a 800 pontos. Jornalismo: 640 a 815 pontos.

É o processo seletivo mais concorrido. A média para passar está atualmente em 680 pontos, mais ou menos (varia um pouco todo ano). Em cursos mais concorridos, como Medicina, Direito e Engenharia, as notas superam os 800 pontos. Os mais fáceis (e raros) oscilam entre 580 e 600 pontos.

O ideal é reservar, pelo menos, duas horas semanais para resolver provas antigas nos 6 meses antes do grande exame. Não deixe ainda de usar os simulados a seu favor. Faça pelo menos uma por mês para ver como anda seu conhecimento, descobrir suas principais dúvidas e ir se preparando para os dias de prova.

Foi a prova de Física do ENEM a mais difícil de todos os tempo. As questões estavam mais complexas e desconectadas com o nível de conhecimento dos alunos de ensino médio.

13h — fechamento dos portões; 13h30 — início das provas; 19h — término das provas no 1º domingo; 19h30 — término das provas no 2º domingo.

As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020 poderão ser utilizadas pelos candidatos que queiram participar do Programa Universidade para Todos (ProUni) 2022/1, cujas inscrições terão início amanhã, dia 22.

dez horas

Nesta edição, o exame será aplicado nas modalidades impressa e digital. Apesar da mudança, o tempo de prova do Enem 2020 permanece o mesmo: dez horas e meia (10h30) de prova, somando os dois dias. As provas ocorrerão em quatro domingos consecutivos.

550 pontos, em média – Administração, Ciências Sociais, Hotelaria, Fisioterapia, Enfermagem, História (licenciatura) e Biologia (licenciatura). De 450 a 500 pontos, em média – Serviço Social, Comunicação Social, Letras, Estética e Cosmética, Agronomia e Artes.

Assim, acaba indo mal na produção textual. Porque essa “uma questão” na qual você deve colocar a sua redação, vale sozinha 1000 pontos. Então, tirar uma pontuação baixa nela pode despencar seu resultado final. Pior, não é difícil zerar a redação e isso pode te desclassificar!

Não é preciso fazer vestibular, basta ter feito a edição mais recente do Enem. A exigência mínima para concorrer a uma vaga é que o candidato tenha obtido nota superior a zero na redação. No entanto, a concorrência é pesada e para ser aprovado é preciso tirar notas altas.