Qual guerra aconteceu na mesma época de emboabas?

Perguntado por: ecaetano . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.3 / 5 17 votos . 10 colaboradores . 887 visualizações
O conflito contrapôs os desbravadores vicentinos e os forasteiros que vieram depois da descoberta das minas.
...
Guerra dos Emboabas
Data1707 – 1709
LocalCapitania de São Vicente, atual Minas Gerais
DesfechoDerrota dos paulistas: Criação da Capitania de São Paulo e Minas de Ouro
Beligerantes
O conflito contrapunha, de um lado, os desbravadores vicentinos, que haviam descoberto a região das minas e que por esta razão reclamavam à exclusividade de explorá-las; e de outro lado um grupo heterogêneo composto de portugueses e imigrantes das demais partes do Brasil – pejorativamente apelidados de “emboabas” pelos ...Consequências da Guerra dos Emboabas
distribuição de lavras entre emboabas e paulistas; São Paulo e Minas se tornaram capitanias ligadas à Coroa Portuguesa; São Paulo passou de vila à cidade; descoberta de novas jazidas nas regiões do Mato Grosso e de Goiás.A guerra entre colonos e holandeses em Pernambuco acabou em 1654. Depois de décadas de ocupação do Nordeste brasileiro, os holandeses foram derrotados e expulsos do Brasil. O resultado do conflito foi desastroso para os fazendeiros, pois as plantações de cana-de-açúcar foram destruídas em decorrência da guerra.A Guerra do Peloponeso foi uma guerra civil entre Atenas e Esparta, que ocorreu na Grécia Antiga entre 431 e 404 a.C. Esse conflito militar durou 27 anos e terminou com a vitória de Esparta.

Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi o maior conflito armado já travado em toda a história da humanidade. Seu tempo de duração foi de seis anos, indo de setembro de 1939 a setembro de 1945. O número de mortos da Segunda Guerra varia entre 50 e 70 milhões.Primeira Guerra Mundial (1914-1918) Segunda Guerra Mundial (1939-1945) Terceira Guerra Mundial (hipotética e futura ou a Guerra Fria)Estima-se que 50 a 70 milhões de pessoas tenham morrido durante a Segunda Guerra Mundial, o que faz dela o conflito mais sangrento da história da humanidade. Tudo começou quando Adolf Hitler, o ditador alemão, assumiu o poder e decretou a invasão da Polônia em 1939.Os bandeirantes eram, em sua maioria, luso-brasileiros e os chamados mamelucos (filhos de portugueses com indígenas). Inicialmente, eram chamados de “paulistas” ou de “gente de São Paulo”. Mais tarde é que começaram a ser chamados de bandeirantes ou sertanistas, já que desbravavam o sertão da colônia.O conflito foi gerado por causa do direito de exploração das jazidas de ouro na região de Minas Gerais. O grupo dos bandeirantes dizia que as jazidas encontradas eram deles, enquanto outro grupo no caso os "emboabas" diziam que eles que tinham o direito. E aí surgiu a guerra civil, guerra dos emboabas.

Leonardo Cavalcanti de Albuquerque Bezerra

Leonardo Cavalcanti de Albuquerque Bezerra foi o líder pernambucano contra os mascates. Ele, seu irmão Manoel e seu filho Cosme foram os que mais protestaram. Dessa maneira, ele foi chamado de “o primeiro pernambucano livre”.A Guerra dos Emboabas foi um conflito entre os Desbravadores Vicentinos e o grupo de imigrantes e portugueses, chamados de “emboabas”. Eles disputaram pelos direitos de exploração das jazidas de ouro descobertas em Minas Gerais.A Guerra dos Mascates teve como principal causa a grande rivalidade entre os senhores de engenho de Olinda e os comerciantes portugueses de Recife, sendo que os comerciantes portugueses contavam com o apoio do governador Sebastião de Castro Caldas.A Guerra dos Mascates deve ser vista como um conflito pelo poder político local, sem qualquer reivindicação social. Na verdade, foi uma disputa entre Olinda – que detinha poder político – e Recife – que detinha poder econômico – pela supremacia da na Capitania de Pernambuco.A desigualdade econômica e a crise açucareira: motivos fundamentais da Guerra dos Mascates. A partir de 1654, a expulsão definitiva dos holandeses de Pernambuco provocou uma grande mudança no cenário econômico daquela região.Apesar de tudo, debaixo da dominação romana, Esparta conheceu um período de paz e prosperidade, conservando as suas antigas tradições, no que diz respeito à educação da juventude, por exemplo. Finalmente, acabou por se extinguir nas mãos dos godos sob o comando de Alarico, em 395 da era da Cristo.

Esparta

Assim, foi formada a Liga do Peloponeso, liderada por Esparta, que contestou a concentração de poder ateniense e era formada um povo altamente militarizado e com educação rígida. No século VI a.C. Esparta já era a cidade mais poderosa da região do Peloponeso, hegemônica política e militarmente.Era a Liga do Peloponeso. A guerra entre as duas ligas ficou conhecida como Guerra do Peloponeso, localizada ao longo do Mediterrâneo na segunda metade do século V a.C. A guerra foi uma disputa clara por poder entre as duas cidades: Atenas e Esparta.

Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi o conflito militar mais mortal da história. Um total estimado de 70 a 85 milhões de pessoas pereceram, o que representou cerca de 3% da população mundial de 1940 (est. 2,3 bilhões).Foi um conflito ocorrido no final do século 19 que durou apenas 45 minutos. Ele envolveu a Inglaterra e um sultão da ilha de Zanzibar, no leste da África. Ingleses e alemães disputavam o controle territorial da região, que estava sob influência dos britânicos.