Qual grau é considerado febre?

Perguntado por: usales . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.3 / 5 6 votos . 6 colaboradores . 906 visualizações

febre – mais de 37,8°C (no ânus) ou mais de 38°C (na axila). Os pais devem entrar em contato com o pediatra. Ele verá se há necessidade de remédios ou ir ao pronto-socorro.

Em condições normais, nosso organismo tem a temperatura estável na média de 37º C. Quando despenca para 35 º C ou menos, ou seja, quando o corpo perde mais calor do que produz, há impactos fisiológicos, entre eles a diminuição do ritmo cardíaco e o abrandamento dos processos neurológicos.

Além das dores musculares e de cabeça, pode ter ainda a presença de calafrios, sensação de calor intenso, tremedeira e sudorese, uma transpiração excessiva. Além disso, a pessoa pode sentir ainda fraqueza, irritabilidade, apatia, perda de apetite, indisposição, desidratação e boca seca.

Considera-se febre a elevação da temperatura do corpo a pelo menos 37,8 ºC. Esse quadro febril costuma se manifestar nas infecções por vírus sazonais, como os da gripe, que por sua vez possui sintomas parecidos com os apresentados pelo novo coronavírus.

Febres acima de 38,5 ou 39 graus costumam cursar com maior desconforto e são frequentemente medicadas, mas mesmo nestas temperaturas, se o paciente não referir desconforto, uma boa opção é observar sem medicar.

A gripe é a campeã das doenças nas quais a febre se manifesta em primeiro lugar. Nesses casos, a temperatura corporal pode atingir até os 42 ºC, dependendo da força no vírus naquele organismo.

Em média, uma temperatura considerada normal do corpo humano não passa dos 37°C.

A temperatura corporal normal para o ser humano varia entre 36,1ºC e 37,2ºC. Quando esse valor cai de forma repentina, atingindo um nível abaixo de 35ºC, é considerado que o corpo entrou em estado de hipotermia.

As mulheres também estão mais frias: -0,23º C, em média. Em vez de 37º C, a nova temperatura padrão é de 36,62º C para homens – para as mulheres, o valor é ligeiramente maior. (Aqui no Brasil, tem gente que aprendeu na escola que a nossa temperatura média gira em torno dos 36,5ºC.

Uma maneira fácil de ver como isso funciona é, depois de lavar as mãos na água em temperatura ambiente, colocar a mão na testa de outra pessoa. Você provavelmente vai senti-la quente, como se ela estivesse com febre.

Relatos do padrão dos sintomas do COVID sugerem que a febre é mais comum em geral 5 dias após a exposição. A variação da “temperatura normal” depende do local da aferição.

A febre baixa, que compreende temperaturas entre 38,1º e 39º, não requer tratamento imediato quando o paciente apresenta bons sinais clínicos. Isso porque a variação da temperatura do corpo acima do normal, por si só, não indica uma infecção grave, sendo apenas um mecanismo de defesa do organismo contra a infecção.

Beber bastante água é indicado como forma de controle da febre e serve para manter a hidratação, essencial para o bom funcionamento do organismo. Medicamento antitérmicos, como dipirona e paracetamol, também auxiliam no controle.

Infecções por vírus, bactérias e parasitas, doenças do sistema nervoso ou cardiovasculares são fatores que podem provocar o aumento da temperatura corporal. Em geral, a febre é um sintoma passageiro e ao perceber esse quadro o paciente deve buscar auxílio médico para descobrir qual é a real causa do problema.

Temperaturas elevadas podem causar confusão mental, delírios e convulsões. Quando a febre é muito alta, existe o risco de convulsões febris, especialmente em crianças abaixo dos 5 anos. Mas isso não costuma acontecer quando a febre está perto de 37 graus.

O recorde de maior temperatura anotado no estado paulista de 43,0ºC em Iguape, de 3 de fevereiro de 1933, pode cair. Em Minas Gerais, a temperatura nesta quarta chegou a 41,0ºC em Campina Verde e a 40,7ºC em Ituiutaba.

Causas da hipotermia
A principal e única causa da hipotermia é a longa exposição ao frio intenso. Ou seja, quando o ser humano se encontra em um ambiente com temperaturas muito baixas. Este estado acontece porque o corpo humano libera mais calor do que consegue reter, resultando na diminuição da temperatura corporal.

Hipotermia leve (entre 34ºC e 36ºC): clinicamente caracterizada pelos tremores (tentativa de termogênese por parte do organismo). Confusão mental e desorientação são sinais da transição de hipotermia leve para moderada!

Segundo pesquisadores americanos, embora a temperatura interna das mulheres chegue a ser até 0,2 °C mais alta que a dos homens, as mãos femininas são 1,5 °C mais frias. Os vasos sanguíneos nas extremidades do corpo são os primeiros a se contrair quando cai a temperatura.

Pouco antes da ovulação, a temperatura corporal basal geralmente cai, com um aumento acentuado logo depois que ela acontece. Na primeira fase do ciclo, a TCB geralmente fica abaixo de 37 °C. Na maioria das vezes, a TCB cai para 36,4 ou 36,8 °C devido à baixa concentração de progesterona.