Qual foi a participação do Brasil na primeira guerra mundial?

Perguntado por: hgomes . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.2 / 5 17 votos . 14 colaboradores . 1156 visualizações

O Brasil teve uma participação modesta na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), já que não possuía grandes recursos bélicos. Assim sendo, o país limitou-se a fornecer apoio pontual, em colaboração nos combates aéreos e marítimos, bem como no auxílio aos feridos nos campos de batalha.

O Brasil ajudou os norte-americanos na libertação da Itália, que, na época, ainda estava parcialmente nas mãos do exército alemão. Nosso país enviou cerca de 25 mil homens da Força Expedicionária Brasileira (FEB), e 42 pilotos e 400 homens de apoio da Força Aérea Brasileira (FAB).

Em guerra, o Brasil enviou para combate em 16 de maio de 1918, uma divisão naval com embarcações do Rio Grande do Sul, Bahia, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Santa Catarina. O Brasil também auxiliou em combates aéreos realizando missões de reconhecimento e na ajuda médica a soldados feridos.

O Brasil participou da guerra ao lado das potências da Tríplice Entente, lideradas por Inglaterra, França e, um pouco depois, pelos Estados Unidos da América.

Por um Decreto de 26 de outubro de 1917, o Brasil declarou guerra ao Império Alemão, iniciando sua participação na Primeira Guerra Mundial. Essa decisão brasileira foi tomada porque nossos navios mercantes foram alvejados pelos alemães.

Entre 5 e 17 de agosto de 1942, seis navios brasileiros foram afundados por submarinos alemães, o que resultou na morte de mais de 600 pessoas. O fato comoveu a nação, que passou a pressionar Vargas a declarar guerra à Alemanha. Ainda no mês de agosto, o Brasil declarou oficialmente guerra contra as potências do Eixo.

O Brasil entrou na Segunda Guerra Mundial após ceder à pressão do governo norte-americano para encerrar o período de neutralidade adotado pelo presidente Getúlio Vargas. Até 1937, o Brasil mantinha relações cordiais com a Alemanha, condição que foi rompida no ano seguinte. Ainda assim, o país manteve a neutralidade.

A participação brasileira na guerra deu-se a partir de 1942, com o rompimento das relações diplomáticas com o Eixo e o envio de tropas em junho de 1944. O Brasil foi o único país da América do Sul a enviar soldados sob sua bandeira para a guerra.

Único latino-americano a participar da 1ª Guerra, Brasil mostrou despreparo | Mundo | G1. Oficiais foram combater e navios patrulhar Atlântico, dizem historiadores. 165 brasileiros morreram; 5 pilotos abatidos e médicos, infectados por gripe.

Wenceslau Braz foi o 9° Presidente da República do Brasil, durante o período da Primeira Guerra Mundial, ou seja, de 1914 a 1918, que governou após o mandato de e vice do presidente Hermes da Fonseca.

A “Grande Guerra” chegou ao fim em 1918, com vitória dos aliados da França e grande derrota da Alemanha. O ponto mais importante a se destacar quanto ao fim da guerra são as determinações do Tratado de Versalhes.

Os ataques a navios
Em abril de 1917, o vapor Paraná foi afundado na região do canal da Mancha. Três brasileiros morreram. Em maio, mais dois navios, Tijuca e Lapa, foram torpedeados. Desta vez o país decidiu abandonar sua política de neutralidade.

Em 26 de outubro de 1917, os jornais traziam as informação sobre o ataque ao vapor cargueiro Macau, na região do Cabo de Finesterra, próximo à Espanha. No mesmo dia, após a aprovação do Congresso Nacional, o presidente da República, Venceslau Brás, assinou o decreto Nº 3.361 declarando guerra ao Império Alemão.

Qual foi a causa da Primeira Guerra Mundial? O fato que deflagrou a Primeira Guerra foi o assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do trono austríaco, e sua esposa no dia 28 de junho de 1914. O arquiduque e sua esposa foram mortos a tiros em Sarajevo, capital da Bósnia.

A Aeronáutica também sofreu mudanças profundas com a guerra, sendo praticamente fruto desta. A Força Aérea Brasileira foi criada em 1941, apenas um ano antes do Brasil declarar guerra. O conflito também proporcionou uma modernização do seu equipamento e a criação do seu 1º Grupo de Aviação de Caça.

Entre os motivos da dispensa médica, os mais frequentes eram problemas de dentição, subnutrição, doenças sexualmente transmissíveis, verminoses e outras infecções. Parecia quase impossível que o Brasil conseguisse formar um contingente para lutar na guerra.

A Segunda Guerra Mundial foi o maior conflito da humanidade, acontecendo de 1939 a 1945, em diferentes locais da Oceania, Ásia, África e Europa. Esse conflito foi travado entre Aliados (Reino Unido, França, EUA, URSS etc.) e Eixo (Itália, Alemanha, Japão etc.)

O Brasil teve uma participação modesta na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), já que não possuía grandes recursos bélicos. Assim sendo, o país limitou-se a fornecer apoio pontual, em colaboração nos combates aéreos e marítimos, bem como no auxílio aos feridos nos campos de batalha.

Segunda Guerra Mundial

Causa: política expansionista e militarista da Alemanha nazista de Hitler. Resultado: vitória dos Aliados. Soldados do Brasil (FEB) na Segunda Guerra Mundial: última participação brasileira em guerras.

Dos 20.573 soldados brasileiros enviados à Itália na luta contra o fascismo, 467 pracinhas morreram em combate durante a Segunda Guerra Mundial. "Esta é a terra também de meus antepassados. Hoje, um sétimo da população brasileira, 30 milhões de pessoas, tem origem italiana.