Qual a teoria de Karl Marx?

Perguntado por: abrites . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.6 / 5 16 votos . 8 colaboradores . 911 visualizações

Utilizando o materialismo dialéctico, Marx explica o modo como as sociedades humanas se desenvolvem. Dizia ele que as mudanças sociais ocorrem de acordo com as forças dinâmicas internas da sociedade que, em consequência, são o resultado das relações de produção da sociedade.

Sociologia para o Enem: Conheça 7 conceitos importantes de Marx

  • Classes sociais: ...
  • Luta de classes: ...
  • Mais-valia: ...
  • Alienação: ...
  • Consciência de classe: ...
  • Proletariado: ...
  • Força de trabalho:

As classes sociais, para Marx, surgem a partir da divisão social do trabalho. Em razão dela, a sociedade se divide em possuidores e não detentores dos meios de produção. As relações de produção regulam tanto a distribuição dos meios de produção e dos produtos quanto a apropriação dessa distribuição e do trabalho.

Marx tinha como principal objetivo entender o capitalismo e propunha através de sua obra uma ampla transformação política econômica e social, um aspecto particular de suas teorias é o fato de sua obra ser destinada a todos os homens e não apenas aos estudiosos de economia, política e da sociedade, em sua obra existe um ...

Para os marxistas, a sociedade moderna está marcada por interesses antagônicos, isso é, inconciliáveis, entre as classes que possuem e as que não possuem os meios de produção – tudo aquilo que é necessário para trabalhar: como as ferramentas, o espaço ou a matéria-prima.

A contribuição social de Marx, foi o livro O capital em 1967, cujo assunto tratado era o funcionamento da sociedade capitalista. Iniciando uma análise da produção de mercadoria, Marx descreve perfeitamente a descrição do sistema, sua evolução e suas transformações.

Entre suas principais obras estão o “Manifesto do partido Comunista”(1848) e “O Capital” (1867-1894). Marx contesta a visão otimista da divisão do trabalho de Adam Smith. Marx separa a divisão social do trabalho e a divisão manufatureira ou técnica do trabalho, criação do capitalismo.

Max Weber, expressa seu pensamento sociológico a partir das relações do indivíduo com o meio social, destacando que para ele a sociedade não se constitui em apenas “coisa”, ou um mecanismo, mas que fundamenta-se na concepção de “ação social”, e ainda, na crença de que a sociologia é uma “ciência compreensiva”.

Como conclusão, Weber edificou quatro tipos ideais de ação social, são elas: 1. A ação social com relação a fins; 2. A ação social com base na relação de valores; 3. A ação tradicional e, por fim, 4.

Weber preocupa-se em tentar entender os processos pelos quais a racionalidade no pensamento impactou a vida, influenciando as organizações do Estado, as formas de governar, as relações culturais, sociais e individuais do sujeito moderno.

O objeto da sociologia, para Durkheim, são os famosos fatos sociais, que iremos explicar minuciosamente. Esses devem ser vistos pelo cientista social como “coisas”, facilitando o afastamento de pré-noções e tratando os seus objetos de estudo de maneira objetiva.

Marx foi um dos primeiros pensadores a reconhecer o impacto sociológico da economia e estratificação de classes. Ele investigou os efeitos do sistema capitalista na vida dos trabalhadores, bem como a profunda relação entre desigualdade e cultura de classe.

  • O Capital (1867)
  • Manifesto Comunista (1848)
  • Manuscritos Econômicos e Filosóficos de 1844 (1932)
  • A Ideologia Alemã (1932)
  • Carlos Marx y Federico Engels: textos escogidos
  • O Capital - Livro 1 - Volume 1 (1867)

Karl Marx, filósofo e sociólogo alemão que passou grande parte de sua vida em Londres, na Inglaterra, além de ter contribuído para o estudo social e econômico, foi o desenvolvedor de uma teoria política que deu alicerce ao socialismo científico.

A principal contribuição de Karl Marx à economia foi um novo quadro descrevendo a economia como uma luta pelo poder entre as diferentes classes. Suas críticas ao capitalismo foram aceitas por muitos teóricos da economia. Seu trabalho também gerou inúmeros debates.

Dentre as transformações pregadas por Marx, a de maior impacto é a educação omnilateral, ou seja, capaz de desenvolver integralmente todas as suas potencialidades do homem. A combinação da educação intelectual com a produção material, da instrução com os exercícios físicos e estes com o trabalho produtivo.

Assim, pode-se claramente observar que a Sociologia tem ao menos três linhas mestras explicativas, fundadas pelos seus autores clássicos, das quais podem se citar, não necessariamente em ordem de importância: a positivista-funcionalista, tendo como fundador Auguste Comte e seu principal expoente clássico em Émile ...

Max Weber e a Sociologia
Assim, suas contribuições foram em direção à análise multicausal dos fenômenos sociais. Em seus estudos, Weber destaca fatores culturais e materiais no surgimento das instituições modernas. Também analisa o consequente processo de racionalização e desencantamento do mundo que as acompanham.

Com distintas visões sobre o método sociológico e sobre o curso da sociedade, os autores do chamado tripé da sociologia (Marx, Durkheim e Weber) contribuíram imensamente com o desenvolvimento basilar dessa ciência. Marx, Weber e Durkheim são considerados os teóricos basilares da sociologia.

Conheça, a seguir, os 4 tipos de ação social preconizados pela Sociologia!

  • Ação social racional com relação a fins. ...
  • Ação social racional com relação a valores. ...
  • Ação social afetiva. ...
  • Ação social tradicional.