Quais zonas da terra apresentam alta pressão atmosférica?

Perguntado por: evarela . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.4 / 5 19 votos . 4 colaboradores . 980 visualizações

Toda frente fria tem uma baixa pressão e uma alta pressão. A massa polar é a alta pressão. A região de muitas nuvens e chuva da frente fria é a baixa pressão.

A camada mais externa (mais alta) de ar que envolve a Terra comprime a mais baixa exercendo influências sobre ela. Nessa região passam a existir mais moléculas por unidade de volume, dizemos então que a pressão nas regiões mais baixas, ao nível do mar, é maior.

Diante disso quando temos uma pressão atmosférica superior a 1013 Mb ou hPa (alta pressão ou anticiclone) é por que o ar está mais pesado, descendo, consequentemente mais frio e seco e nos dá uma boa pista para dizermos que poderemos ter um tempo bom e/ou frio.

Quanto maior a altitude de um dado relevo, isto é, quanto mais elevado ele estiver em relação ao nível do mar, menor será a pressão atmosférica.

Elas determinam o tempo em um lugar
Na atmosfera, a baixa pressão do ar é associada com a formação de muitas nuvens, com chuva e eventualmente com tempo severo, com tempestades. A alta pressão é identificada como áreas que estão com céu azul ou com poucas nuvens, com menor umidade no ar, com tempo seco, sem chuva.

São áreas onde os ventos sofrem subsidência, isto é, vem de locais mais altos da atmosfera para a superfície, se dispersando em seguida; – São regiões de tempo seco e de céu limpo, visto que as massas de ar, ao subsidirem, se aquecem e tem sua capacidade de retenção de vapor de água aumentada, diminuindo a umidade.

Em lugares mais baixos, a coluna de ar é maior, o que faz com que o “peso” do ar fique mais elevado. O contrário acontece nas áreas de maior altitude, como topos de montanha ou regiões montanhosas, onde o ar é mais leve e escasso. Por isso, quanto maior for a altitude, menor será a pressão atmosférica.

Assim, quanto maior é a temperatura, menor é a pressão; e quanto maior é a pressão, menor é a temperatura. Isso ocorre porque, sob baixas temperaturas, o ar fica mais pesado e comprime o ar que está por baixo, elevando, assim, a pressão atmosférica.

Por que exatamente isso acontece? Basicamente porque a quantidade de moléculas de oxigênio disponíveis, literalmente, diminui. “A pressão atmosférica, que nada mais é do que o peso do ar sobre nós, diminui com o aumento da altitude, ou seja, quanto mais alto estamos, menor é a pressão do ar sobre a gente.

A pressão média do ar ao nível do mar é 101,325 KPa ou 1013,25 mb ou 760 mmHg e o intervalo usual de variação está entre 970 mb até 1050 mb.

A pressão atmosférica sobre uma dada superfície horizontal colocada a certa altura h acima da superfície da Terra depende da quantidade de ar na coluna que se estende desta superfície horizontal até o topo da atmodsfera. Então, a pressão atmosférica também diminui com a altitude.

Desse modo, depreende-se daí uma outra relação, dessa vez diretamente proporcional: quanto menores as latitudes, menor a pressão atmosférica, e quanto maiores as latitudes, maior a pressão atmosférica.

Quanto menor for a pressão atmosférica, mais rapidamente essa igualdade acontecerá e menor será a temperatura da água para que ocorra. Sabemos que quando a pressão atmosférica é de 1 atm, a água entra em ebulição a 100°C mas, se diminuirmos a pressão, ela ferverá a uma temperatura menor, nunca atingindo os 100°C.

Pressão atmosférica (atm): é a pressão exercida pela atmosfera terrestre em qualquer ponto da mesma e pode ser expressa pela massa da coluna de ar sobre unidade de área, no ponto da, multiplicada pela aceleração da gravidade no mesmo ponto.

Os ventos alísios é um tipo de vento constante e úmido que tem ocorrência nas zonas subtropicais em baixas altitudes. Ele sopra nos trópicos na região do Equador de leste para oeste e por serem úmidos provocam grande incidência de chuvas.

Tem mais depois da publicidade ;) Os ventos periódicos são aqueles que ocorrem de forma repetitiva ou durante uma estação do ano. Existem dois principais tipos: as monções e as brisas. Monções: ventos que sopram do mar para o continente e do continente para o mar, variando conforme as estações do ano.

A origem dos centros de altas pressões pode ser térmica, que consiste no arrefecimento do ar pelo contacto com a superfície da Terra muito fria, tornando-o mais denso e pesado, e/ou dinâmica que se traduz no movimento descendente do ar frio que se encontra a maior altitude.

Centros Barométricos Centros Barométricos – São Centros de acção, constituídos por Centros Barométricos : linhas Isobáricas que têmSão linhas valorunem pontos atmosférica, o mesmo que de pressão com igual valor Isóbaras ou Isobáricas –(Ciclones, Depressões Barométricas) -oBaixas Pressões onde ar circula de forma ...

Como o ar é um mau condutor de calor, a temperatura vai caindo conforme nos afastamos do nível do mar – em média, fica 6,4 ºC mais frio a cada mil metros de subida. Essa regra vale independentemente de os lugares altos estarem mais próximos do Sol.

Na geografia, a altitude é um conceito que está relacionado a distância vertical (em metros) de determinado ponto em relação ao nível do mar. Lembre-se que quanto maior a altitude, menor será a temperatura do local. Por outro lado, quanto menor a altitude, maior a temperatura.