Quais letras são consoantes?

Perguntado por: ucapelo . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.6 / 5 12 votos . 6 colaboradores . 787 visualizações

Temos 19 consoantes na Língua Portuguesa. São elas: / B /, / C /, / D /, / F /, / G /, / J /, / K /, / L /, / M /, / N /, / P /, / Q /, / R /, / S /, / T /, / V /, / W /, / X /, / Z /.

As consoantes surdas são aquelas que não passam pelas pregas vocais e, dessa forma, não as fazem vibrar. Exemplos: /p/, /f/, /t/, /s/, /x/, /k/. As consoantes sonoras são aquelas que passam pelas pregas vocais, fazendo-as vibrar. Exemplos: /b/, /v/, /d/, /z/, /j/, /g/, /m/, /n/, /nh/, /l/, /lh/, /r/, /rr/.

A letra 'H' não é considerada consoante porque ela sozinha não produz som. As consoantes são classificadas com relação à função das pregas vocais, às funções da cavidade bucal, ao modo de articulação e ao ponto de articulação.

As vogais são produzidas quando o ar passa livremente pelas cordas vocais, fazendo-as vibrar. As consoantes são produzidas quando há impedimentos à passagem do ar. Assim, por muito tempo, as letras A, E, I, O e U foram consideradas as cinco vogais da língua portuguesa.

No alfabeto português, são chamadas de consoantes: B, C, D, F, G, J, K, L, M, N, P, Q, R, S, T, V, W, X, Z . A letra H não é propriamente denominada nem consoante e nem vogal por não possuir som ou ruído e por isso, se torna a única letra diacrítica.

Quando um som é emitido com passagem livre do ar pela boca, havendo vibração das cordas vocais, é considerado uma vogal. Quando um som é emitido com algum tipo de obstáculo à passagem do ar, que pode ser feito pela língua, pelos dentes ou pelo lábio, é considerado uma consoante.

Significado de consoante: Conforme, segundo.

Porque, em teoria, o fonema do Y equivale ao de uma consoante. É verdade que ele tem som de “i”, mas não é só isso que conta. Funciona assim: vogais são os fonemas em que o ar passa livremente pela boca, enquanto as consoantes são aquelas em que ele é interrompido por dentes, lábios ou língua.

Segundo as regras da língua portuguesa, a consoante n deverá ser usada antes da maioria das consoantes, mas nunca antes das consoantes p e b.

Tem mais depois da publicidade ;) Temos 19 consoantes na Língua Portuguesa. São elas: / B /, / C /, / D /, / F /, / G /, / J /, / K /, / L /, / M /, / N /, / P /, / Q /, / R /, / S /, / T /, / V /, / W /, / X /, / Z /.

As vogais são muito importantes porque elas são o núcleo das sílabas na Língua Portuguesa. Elas juntam-se a outras vogais e às consoantes para formar as sílabas e as palavras das línguas. As cinco vogais são representadas pelas letras A, E, I, O, U, na forma maiúscula, e por a, e, i, o, u, na forma minúscula.

Vogais: são fonemas pronunciados sem obstáculo à passagem de ar, chegando livremente ao exterior. Exemplos: pato, bota. Semivogais: são os fonemas que se juntam a uma vogal, formando com esta uma só sílaba. Exemplos: couro, baile.

Outrossim é um advérbio de modo que significa "igualmente"; "também"; "além disso"; "do mesmo modo". Os advérbios são palavras invariáveis que modificam o sentido de um verbo, um adjetivo ou outro advérbio.

Temos 19 consoantes na Língua Portuguesa. São elas: / B /, / C /, / D /, / F /, / G /, / J /, / K /, / L /, / M /, / N /, / P /, / Q /, / R /, / S /, / T /, / V /, / W /, / X /, / Z /.

Uma sílaba é composta opcionalmente por consoantes (C) e obrigatoriamente por vogais (V). Desse modo, há sílabas compostas somente por vogais, como a sílaba inicial (a) na palavra abelha, mas não há sílabas constituídas apenas por consoantes.

O alfabeto da Língua Portuguesa é composto por 26 letras, sendo divididas entre cinco vogais e 21 consoantes. A base é o alfabeto romano, também reconhecido como latino. Esse sistema de escrita é o mais utilizado no mundo. Essas letras do alfabeto se iniciam no A e prossegue até a letra Z.

O uso da consoante M é obrigatório antes das consoantes P e B, sendo essa uma regra da língua portuguesa. Percebemos que, ao produzir o som das letras M/P/B, nossos lábios se juntam, por isso elas são chamadas de consoantes bilabiais. É importante saber que, na língua portuguesa, temos fonemas e letras.

Sempre depois do N poderá vir qualquer outra consoante!

Entre elas podemos citar hífen, éden, abdômen, cólon, espécimen, glúten, hímen, pólen, sêmen, ânion, cânon, cátion, elétron, nêutron, plâncton, próton, líquen…

Na língua Portuguesa não existe palavras sem vogais, pois uma regra ortográfica que estipula que toda sílaba deve conter uma vogal para existir, e como toda palavra é formada por sílabas, se torna inexistente palavras sem vogais. Ou seja, não existe palavras sem vogais na língua portuguesa.