Quais foram os três principais motivos da crise do sistema feudal?

Perguntado por: ojordao . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.1 / 5 5 votos . 13 colaboradores . 1119 visualizações
Quais foram os três principais motivos do início da crise do sistema feudal? As inovações técnicas, as Cruzadas e a reabertura do Mar Mediterrâneo.Características do feudalismo: política descentralizada, economia rural e sociedade estamental. Concessão de terras acontecia dentro da relação de fidelidade entre os homens, na qual o suserano concedia uma porção de terras para um vassalo.A crise do feudalismo, a partir do século XI, aconteceu com o desenvolvimento do capitalismo mercantil, que necessitava da expansão do comércio e da ampliação dos lucros; e das cidades, pois no mundo feudal o que prevalecia era uma sociedade rural.A crise do Império foi marcada por três questões que abalaram a relação do Império com suas principais fontes de sustentação política: a questão religiosa, a questão abolicionista e a questão militar.Resumindo, as principais características do feudalismo foram: Sociedade dividida em três grupos diferentes: clero, nobres e servos. Os primeiros uniam a sociedade, os segundos tinham terras e serviam aos reis ou a si mesmos, os terceiros trabalhavam manualmente nas terras em troca de proteção.- São características do feudalismo, EXCETO:A)Economia natural, essencialmente agrária e autossuficiente concentrada no feudo. B)Poder descentralizado ( cada feudo constituía uma unidade autônoma ou semiautônoma, governada pelo senhor feudal).O Feudalismo foi uma organização econômica, política e social baseada na posse da terra - o feudo - que predominou na Europa Ocidental durante a Baixa Idade Média. As terras e títulos de nobreza eram doadas pelo rei como recompensa aos líderes por terem participado de batalhas.Foi assim que a crise do sistema feudal e medieval teria sido solucionada, ou seja, por meio da centralização política nas mãos do Monarca (Rei), donde ele, como o poder soberano, decretava as leis, arrecadava impostos bem como organizava os exércitos nacionais.Ao mesmo tempo, a ampliação do consumo de gêneros manufaturados e especiarias, e a crise agrícola dos feudos trouxeram o fim do equilíbrio no acordo estabelecido entre servos e senhores feudais.A construção de uma "sociedade sem Deus", desvinculada de valores religiosos, contribui para a deserção de fiéis.O estopim da Reforma Protestante aconteceu em 1517, quando Martinho Lutero se deparou com o dominicano Tetzel que vendia indulgências em Wittnberg. Em resposta, no dia 31 de outubro, escreveu 95 teses que criticavam a Igreja Católica e Papa, fixando-os na porta da Catedral de Wittenberg.A Reforma Protestante foi a grande transformação religiosa da época moderna, pois rompeu a unidade do Cristianismo no Ocidente. No dia 31 de outubro de 1517, Martinho Lutero fixou na porta da igreja do Castelo as 95 teses que criticavam certas práticas da Igreja Católica.O Feudalismo foi um sistema político e econômico que predominou durante a Idade Média e sua riqueza era contabilizada através do acúmulo de terras por pessoa. O nome Feudalismo derivou-se da da palavra feudo, que consistia na unidade de habitação agrária.2. Qual das alternativas abaixo apresenta características importantes do feudalismo? A - Prevalência do trabalho assalariado; poder centralizado nas mãos do monarca; uso de moedas em todos os feudos.O sistema de produção feudal era caracterizado pelo emprego da técnica de rotação de culturas. O sistema de rotação garantia um maior tempo de uso das terras cultiváveis. Ao falarmos sobre a produção agrícola no mundo feudal, logo nos lembramos que o trabalho nas terras buscava o atendimento de necessidades básicas.Feudalismo foi um modo de organização social, político e cultural baseado no regime de servidão, onde o trabalhador rural era o servo do grande proprietário de terras, o senhor feudal. O feudalismo predominou na Europa durante toda a Idade Média (entre os séculos V e XV).O que é Feudalismo? O feudalismo é um sistema político, econômico, cultural e social que surgiu na Idade Média, baseado no poder descentralizado. A economia era fundamentada na agricultura e utilizava o trabalho dos servos.A Economia Feudal era agrária e autossuficiente, dedicada ao consumo local e não ao comércio. As mercadorias eram trocadas por meio de escambo e não de moedas. Sua atividade principal se desenvolveu em meio a um sistema social estamental (camadas sociais) sem mobilidade entre reis, clero, nobres e servos.Economia feudal
Por conta da valorização das terras, logo após a queda do Império Romano do Ocidente, a atividade econômica predominante na Idade Média foi a agricultura. A terra era cultivada pelos servos por meio do sistema de rotação, que consistia no uso de uma parte das terras enquanto a outra estava de repouso.Economia feudal: A economia feudal baseava-se principalmente na agricultura. Existiam moedas na Idade Média, porém eram pouco utilizadas. As trocas de produtos e mercadorias eram comuns na economia feudal. O feudo era a base econômica deste período, pois quem tinha a terra possuía mais poder.