Quais eram os interesses estadunienses em sua implementação?

Perguntado por: eassis . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.5 / 5 4 votos . 6 colaboradores . 1285 visualizações

Os objetivos dos Estados Unidos eram reconstruir regiões devastadas pela guerra, remover barreiras comerciais e modernizar a indústria, melhorar a prosperidade europeia e impedir a disseminação do comunismo.

O Plano Marshall foi uma ajuda financeira dos Estados Unidos para reconstruir a Europa após o final da Segunda Guerra Mundial. Os principais objetivos desse plano eram garantir o apoio dos países da Europa Ocidental ao lado norte-americano e evitar o avanço da União Soviética sobre o Ocidente.

O Plano Marshall foi um programa de auxílio humanitário oferecido pelos Estados Unidos da América aos países europeus de 1948 até 1951. Foi realizado por meio de assistência técnica e financeira para ajudar a recuperação dos países europeus destruídos pela guerra.

Plano Marshall, ou Plano de Recuperação Europeia, foi um programa de ajuda econômica dos EUA aos países da Europa Ocidental após a II Guerra Mundial. O objetivo do plano era reconstruir economicamente os países europeus ocidentais que foram destruídos ou que sofreram perdas com a ocorrência da guerra.

Plano Marshall foi o nome dado a um programa de ajuda oferecido pelos Estados Unidos aos países europeus devastados pela Segunda Guerra Mundial. Ele foi implementado por meio de assistência técnica e financeira com objetivo de ajudar os países da Europa a se reerguer após a guerra.

Um plano de ação é um documento no qual são registradas informações sobre as tarefas a serem feitas. A ideia é padronizar o trabalho, de maneira a se criar uma rotina para os colaboradores. Basicamente, você deve listar tópicos com as ações necessárias para atingir um objetivo.

Mudar os objetivos frequentemente
Como apontamos, o plano de ação foi feito para orientar a empresa a atingir certos objetivos. Por isso, é fundamental ter uma uniformidade na definição das metas da empresa. Afinal, se elas mudam regularmente, os times terão dificuldade para executar um trabalho de qualidade.

O plano foi lançado pelo presidente dos Estados Unidos, Henry Truman, com o objetivo de oferecer empréstimos a juros baixos e investimentos aos países devastados pela Segunda Guerra Mundial, de modo que eles pudessem se recuperar economicamente.

O Plano Colombo é baseado no conceito de parceria de autoajuda e ajuda mútua, com o objetivo de melhorar o avanço socioeconômico de seus países membros. Ao longo dos anos, o Plano Colombo evoluiu para refletir as necessidades dos países membros em um ambiente econômico global em rápida mudança.

O aparecimento do COMECON surgiu no contexto europeu após o final da Segunda Guerra Mundial, do qual resultou a destruição de parte do continente Europeu e surgindo como a resposta soviética ao plano edificado pelos Estados Unidos, o Plano Marshall, que visava apoiar a reconstrução econômica da Europa Ocidental.

Os Estados Unidos e o México possuem profundos laços econômicos. Os Estados Unidos são o maior parceiro comercial do México, correspondendo a quase metade de todas as exportações do ano de 2008 e mais da metade das importações de 2009.

Ambas parecem desconhecer que ali nas vizinhanças tem um país chamado Estados Unidos Mexicanos. Se fossem um pouco mais sérios e rigorosos, chamariam os americanos de “estaduninenses do norte” e os mexicanos de “estaduninenses do sul” Ainda farão isso, a crer no retrospecto de equívocos dessa turma nas últimas décadas.

A Lei de Terras Norte Americana de 1862, o "Homestead Act", regulamentava o acesso à terra nos Estados Unidos. A propriedade da terra poderia ser realizada por qualquer família interessada em cultivar um lote de terras que não tivesse proprietário.

Para um orçamento total dos Estados Unidos estimado, em 2020, em US$ 4,59 trilhões, um novo Plano Marshall desembolsaria, ao longo dos quatro anos em que esteve vigente, algo em torno de US$ 1,35 trilhão, em valores de 2020, para se equiparar àqueles gastos.

O Cominform (“Escritório de Informação dos Partidos Comunistas e Operários”) e o Comecon (“Conselho para Assistência Econômica Mútua”) foram a resposta soviética para o Plano Marshall.

Um plano de ação é uma maneira de planejar quais as ações necessárias que devem ser tomadas para alcançarmos um objetivo. É um planejamento metodológico no qual são definidas as metas da empresa ou pessoa, as etapas necessárias, os responsáveis por cada detalhe e o monitoramento do projeto.

O primeiro passo é conhecer, com clareza, os objetivos principais da sua empresa, uma vez que eles serão a base do plano de ação. Nessa etapa inicial, procure criar ou extrair do planejamento estratégico todos os itens que servirão para orientar o trabalho de cada integrante de sua equipe.

O TCC é um Trabalho de Conclusão de Curso, Projeto Experimental ou Projeto Final e corresponde a um trabalho de final de curso, que pode ser realizado como monografia sobre um tema específico de Comunicação ou um produto de Comunicação.

O Plano de Organização é um modelo criado pela Versio Parole com a finalidade de auxiliar o aluno no planejamento e desenvolvimento do seu Trabalho de Conclusão de Curso. O PO permite que o aluno tenha maior controle do conteúdo já realizado e do período em que deve realizá-lo.

Esse documento é o indicativo da aprovação e início do projeto. Isso é importante porque criar um modelo vai servir de base para que as ideias não fiquem soltas, vai traçar um caminho que deve ser percorrido com segurança entre o ponto inicial e a linha de chegada.