O que Kant entende por formas a priori?

Perguntado por: rsilveira . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.8 / 5 12 votos . 5 colaboradores . 1459 visualizações

Em Kant, são a priori, ou seja, universais e necessárias, as formas ou intuições puras da sensibilidade (espaço e tempo), as categorias do entendimento e as ideias da razão.

conhecimento a priori: aquele que não depende da experiência; conhecimento a posteriori: aquele que depende da experiência.

Em Filosofia, a locução a priori faz referência ao conhecimento adquirido sem contar com a experiência, que se adquire mediante a dedução.

Kant distingue dois elementos na sensibilidade: a matéria, ou seja, o conjunto das impressões sensoriais que o sujeito recebe passivamente do exterior; e a forma, as intuições puras a priori que vão organizar a realidade, composta pelo espaço e pelo tempo, as estruturas através dos quais o sujeito se representa.

Espaço e tempo são assim tratados como representações puras porque não podem ser derivados da experiência, são a priori porque têm de anteceder qualquer experiencia, e são formas, pois dão ordem à diversidade da aparência, contudo, não são conceitos, na medida em que não subsumem uma tal diversidade, apenas ordenam a ...

A posteriori é o conhecimento ou justificação dependente de experiência ou evidência empírica, ou seja, depende de o objeto do qual será retirado o conhecimento esteja disposto aos meus sentidos, o individuo precisa ver, ou sentir, ou tocar, para, a partir dessa premissa, começar o raciocínio.

Em Kant, há duas principais fontes de conhecimento no sujeito: A sensibilidade, por meio da qual os objetos são dados na intuição. O entendimento, por meio do qual os objetos são pensados nos conceitos.

Conhecimento "a priori" e a "posteriori" "A priori" é o conhecimento anterior à experiência, são as noções puras de entendimento, aquelas capacidades que o indivíduo tem desde que nasce. "A posteriori", por sua vez, é o conhecimento que vem após a experiência.

Feita esta distinção, podemos chegar à conclusão de que os conhecimentos a priori são aqueles que independem totalmente da experiência e os a posteriori são aqueles que se dão por meio da experiência.

Resposta. O conhecimento a priori e o conhecimento que não depende de experiência, e o que temos naturalmente. Como, por exemplo, você sabe que se colocar a mão no fogo vai se queimar, e sabe isso mesmo que nunca tenha feito. E o conhecimento a posteriori e adquirido depois da experiência.

O imperativo categórico é a ideia central formulada por Kant para que se possa analisar o que motiva a ação humana e compreender a moral e a ética. O modo como um indivíduo age com base em princípios que gostaria de ver aplicados é a máxima e poderá se tornar o que ele chama lei universal.

A Filosofia de Kant
O sistema filosófico Kantiano foi concebido como uma síntese e superação das duas grandes correntes da filosofia da época: o “racionalismo” que enfatizava a preponderância da razão como forma de conhecer a realidade, e o “empirismo”, que dava primazia à experiência.

O espaço é a forma do sentido externo; o tempo, a forma do sentido interno. Espaço e tempo são as formas puras das intuições sensíveis em geral.

De fato, Kant afirma na Estética Transcendental que o espaço e tempo podem ser determinados quanto ao seu sentido e que tais sentidos são opostos para ambos. Com efeito, o espaço tem sentido externo e o tempo tem sentido interno.

Segundo Hegel, Kant tentou entender os limites da razão, tentou criar modelos explicativos que apontavam para uma conhecimento parcial da realidade e acabou se desviando do principal foco da filosofia, que é A BUSCA PELA VERDADE Por essa motivo Hegel crítica Kant, pois é como se ele utilizasse a razão para entender a ...

O conhecimento, para Kant, não é mero reflexo dos objetos, ele parte do sujeito, da mente humana que produz a imagem das coisas e as organiza para explicar o universo. Com isso, Kant criou a base para o "idealismo alemão", o ápice da filosofia alemã, com seus expoentes J.G. Fichte, F.W.J. von Schelling e G.W.F. Hegel.

Kant fundou uma nova teoria do conhecimento, chamada idealismo transcendental, e a sua filosofia, como um todo, fundou o criticismo, corrente crítica do saber filosófico que visava, como queria Kant, a delimitar os limites do conhecimento humano.

Em a posteriori, subentende-se uma experiência com o apoio da qual, ou em decorrência dela, se realiza algo depois. Quando se diz, por exemplo, que o magistrado decidiu a posteriori, é porque a decisão se apoiou na análise dos fatos e nas suas experiências anteriores.

É aquele que aplica a indução, ou seja, remonta do efeito à causa, do particular ao geral, da observação à regra.

O imperativo hipotético é a razão instrumental, quando desejamos algo e fazemos algo para alcançarmos esse objetivo. Por exemplo, se estamos com sede, tomamos um refrigerante para matar essa sede. O imperativo categórico é quando a ação é o próprio objetivo.