O que fazer quando a parte íntima esta coçando e ardendo?

Perguntado por: opinheiro . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.2 / 5 3 votos . 4 colaboradores . 1383 visualizações

Ao surgir a coceira nas partes íntimas é importante consultar um médico ginecologista ou urologista para descobrir a causa deste sintoma, que pode ser candidíase, balanite ou infecções sexualmente transmissíveis, como vulvovaginites e HPV.

Coceira na vagina, sensação de ardor, presença de corrimento esbranquiçado, sem cheiro e experiência de dor durante a relação sexual são os principais sintomas da candidíase, uma infecção causada por fungos que afeta principalmente as mulheres adultas mais jovens, na faixa entre 18 e 35 anos.

A causa da coceira vaginal pode ser desde uma reação alérgica ao material de fabricação da roupa íntima, ao seu sabonete íntimo, produtos químicos como amaciante utilizado na calcinha, o uso constante de absorventes ou inclusive ser um sinal do seu corpo de que algo está errado.

Se você está enfrentando esses sintomas, é possível experimentar estes remédios caseiros para candidíase para aliviar o incômodo:

  1. Iogurte natural. ...
  2. Banho de assento com camomila. ...
  3. Banho de assento com vinagre de maçã ...
  4. Bicarbonato de sódio. ...
  5. Alho. ...
  6. Chá de uva-ursina. ...
  7. Chá de poejo. ...
  8. Óleo de orégano.

5 sintomas que podem ser confundidos com candidíase

  1. Corrimento vaginal. ...
  2. Dor ou ardência ao urinar. ...
  3. Coceira na região genital. ...
  4. Desconforto ou dor no contato íntimo. ...
  5. Vermelhidão na região genital.

Gino-Canesten® (clotrimazol) é um medicamento e sua ação é o tratamento da infecção e dos sintomas da candidíase como: coceira, ardência, vermelhidão, inchaço e dor.

Clamídia é uma das doenças sexualmente transmissíveis mais frequentes do planeta, mas muitas vezes é confundida com a candidíase. Muitas mulheres confundem clamídia com candidíase, apesar da clamídia ser assintomática em 70% dos casos. A confusão aparece nos casos em que há queimação ao urinar e dor durante o sexo.

Sintomas clássicos de candidíase vaginal
2- Prurido; 3- Corrimento branco e espesso acompanhado de (vermelhidão, inchaço e, eventualmente, 4- Pequenas bolhas na região genital, os quais se agravam em períodos pré-menstruais por diversos fatores, como aumento da acidez vaginal.

Candidíase. Como é o corrimento: não apresenta odor. É espesso (com aparência leitosa), de cor branca e costuma vir acompanhado de coceira e ardor. O que é: infecção causada pelo fungo Candida albicans.

O principal motivo da coceira, segundo o médico, é a falta de hidratação da pele, mas ela também pode ser desencadeada por estresse ou por uma doença crônica, hereditária e não contagiosa chamada dermatite atópica.

Quais são os sinais e sintomas da infecção causada pelo candida? Embora a maioria dos casos de candidíase vaginal sejam brandos, algumas mulheres podem desenvolver infecções graves que envolvem vermelhidão, inchaço e rachaduras na parede da vagina (parece uma assadura).

Causas da candidíase
A candidíase vulvovaginal é causada pelo crescimento excessivo do fungo Candida albicans em cerca de 90% dos casos. Nos restantes casos, o agente responsável pode ser de outra espécie de Candida sp. (Candida glabrata, Candida krusei, Candida tropicalis, etc.).

A candidíase é uma infecção causada pelo fungo Candida albicans, que se aloja comumente na área genital, provocando coceira, secreção e inflamação na região. O micro-organismo vive normalmente no organismo sem causar danos, mas, em situações de desequilíbrio, aumenta a população e passa a ser danoso para o corpo.

Antifúngicos, como pomada de Cetoconazol, Clotrimazol, Miconazol, por 2 a 3 semanas, no caso do intertrigo causado por fungos. Em caso de infecções graves ou extensas, pode ser necessário o uso de medicamentos por comprimido, como Cetoconazol ou Fluconazol, por cerca de 14 dias, conforme a indicação do médico.

2 – CANDIDÍASE PÓS SEXO
A candidíase pode se manifestar logo após uma relação sexual. A explicação física para isso é que todos nós temos uma flora bacteriana natural que protege nossa parte íntima.

Quando você percebe que seu corrimento é branco e espesso e tem outros sintomas (coceira vaginal, vermelhidão e ardência na região), é possível que você esteja com candidíase.

Corrimento espesso e branco-amarelado: pode indicar uma infecção fúngica, como a candidíase. Geralmente o corrimento causado pela proliferação de fungos vem associado com ardor no canal vaginal; Corrimento acinzentado: pode indicar vaginose bacteriana.

O tempo de tratamento da candidíase feminina pode variar de 1 a 14 dias dependendo do tipo de remédio utilizado, e deve sempre ser feito com orientação do médico. Veja outras opções de tratamento para candidiase feminina.

A candidíase tem cura. O tratamento consiste no uso de medicamentos e pomadas antifúngicas, como o Fluconazol. Deve ser de acordo com indicação médica e feito, também, pelo parceiro sexual, caso seja do tipo genital, visto que o fungo pode ser transmitido através do sexo.

As feridas na vagina ou na vulva podem surgir por diversas causas, podendo principalmente acontecer devido ao atrito durante a relação sexual, alergia a roupas ou absorventes íntimos ou ser consequência de uma depilação feita sem muitos cuidados.