Em que batalha morreu Napoleão?

Perguntado por: ebittencourt . Última atualização: 15 de julho de 2022
4.8 / 5 9 votos . 14 colaboradores . 1441 visualizações

Batalha de Waterloo

Entre os mistérios que ainda cercam sua pessoa está a causa de sua morte, particularmente a suspeita de que ele foi envenenado. Após a derrota na Batalha de Waterloo, em 1815, Napoleão foi exilado na pequena Ilha de Santa Helena, no Atlântico Sul, onde morreu seis anos depois.

No dia seguinte à sua morte sob custódia britânica, 5 de maio de 1821, dezesseis observadores compareceram à autópsia, sete médicos entre eles. Eles foram unânimes em sua conclusão: Napoleão morrera de câncer no estômago.

5 de maio de 1821

Inicialmente, o poderio da França cresceu exponencialmente, com os exércitos de Napoleão conquistando boa parte da Europa. No total, o imperador francês lutou em mais de sessenta batalhas e perdeu muito poucas, a maioria no fim da sua carreira.

Para prejudicar os ingleses, estabeleceu o Bloqueio Continental, mas a recusa russa em obedecer ao bloqueio fez com que Napoleão invadisse a Rússia, local onde foi derrotado em 1812. Porém, sua derrota definitiva aconteceu em Waterloo, no ano de 1815.

Em 18 de junho de 1815, Napoleão Bonaparte perdeu a batalha contra a Inglaterra e a Prússia, que usaram uma nova arma para a época. As potências europeias deportaram Napoleão 1º para Santa Helena.

51 anos (1769–1821)

Em 18 de junho de 1815, aconteceu a Batalha de Waterloo, a batalha decisiva da vida de Napoleão, e tropas francesas enfrentaram uma aliança formada por tropas inglesas, prussianas, holandesas entre outras, e o resultado foi a derrota definitiva de Napoleão e o fim de sua carreira política.

Usada normalmente quando uma pessoa está de quatro ou em posição genupeitoral (ajoelhado com a cara no chão, ou simplesmente de quatro), a expressão existe na língua portuguesa e é atribuída à possível posição em que o general francês Napoleão Bonaparte se encontrava num momento de derrota.

As Guerras Revolucionárias Francesas foram divididas em dois períodos: as guerras contra a Primeira e a Segunda Coalizões. A Primeira Coalizão foi composta pelo Sacro Império Romano (dinastia Habsburgo na Áustria e Prússia), pela Grã-Bretanha, Espanha, Holanda e Portugal e alguns outros reinos menores.

Na Batalha de Waterloo, sob a liderança das forças inglesas do duque Wellington, as forças napoleônicas foram definitivamente destruídas. Dessa vez, Napoleão foi exilado na ilha africana de Santa Helena, onde morreu em 1821.

612 mil soldados num ataque a um país vizinho seria avassalador. Não daria chances. Mas atacar a Rússia com tantas bocas para alimentar e com tantos pés para atrasar a marcha colocou tudo em risco desde o principio. Da França até Moscou são absurdos três mil km, centenas deles em território hostil russo, não-ocupado.

O exército prussiano comandado por Blucher foi detido e vencido por Napoleão em Ligny, na Bélgica. Dois dias depois Napoleão atacou o exército inglês, comandado por Wellington, em Waterloo, em 18 de junho de 1815, nos arredores de Bruxelas.

Um dos grandes epicentros da derrota de Napoleão foi a campanha empreendida na Rússia, que levou o exército francês ao seu limite. Apesar das capacidades estratégicas do general, o Exército de Vinte Nações não foi capaz de superar as barreiras russas no mantimento da ocupação de Moscou em 1812.

Porque quando o exército de Napoleão estava voltando da Rússia, os soldados estavam tão exaustos e havia tanto gelo que eles mal conseguiam andar.

Dizem, inclusive, que seu corpo está bem ao fundo da urna, abaixo de outras seis caixas fúnebres. Vale destacar que apesar de ter morrido em 1821, seus restos mortais só foram levados para o Invalides em 1840, cumprindo assim um desejo do imperador que desejava ser enterrado em grande estilo, perto do Rio Sena.

Entre os mistérios que ainda cercam sua pessoa está a causa de sua morte, particularmente a suspeita de que ele foi envenenado. Após a derrota na Batalha de Waterloo, em 1815, Napoleão foi exilado na pequena Ilha de Santa Helena, no Atlântico Sul, onde morreu seis anos depois.

A Era Napoleônica compreendeu o período da chegada de Napoleão Bonaparte ao poder no Consulado, em 1799, e terminou com sua derrota na Batalha de Waterloo e seu exílio na Ilha de Santa Helena, em 1815.

O período conhecido como os Cem Dias (também chamado de Cem Dias de Napoleão ou Governo dos Cem Dias) marca o período do retorno do imperador francês Napoleão I ao poder, após sua fuga do exílio na ilha de Elba. Ele chegou em Paris em 20 de março de 1815.

O Império Napoleônico foi um período da história da França que teve início em 1804 com a proclamação de Napoleão Bonaparte como imperador dos franceses. Este período durou até 18 de junho de 1815, após a derrota de Napoleão na Batalha de Waterloo.