Como os elementos são listados sequencialmente na tabela periódica?

Perguntado por: rbittencourt . Última atualização: 16 de julho de 2022
4.3 / 5 10 votos . 8 colaboradores . 868 visualizações

a) Como os elementos são listados, sequencialmente, na tabela periódica? A tabela periódica está organizada em sequências de elementos químicos por ordem crescente de número atômico. Esse número corresponde à quantidade de prótons no núcleo do átomo.

No total, a nova Tabela Periódica possui 118 elementos químicos (92 naturais e 26 artificiais). Cada quadrado especifica o nome do elemento químico, seu símbolo e seu número atômico.

A Tabela Periódica organiza os elementos químicos conhecidos de acordo com o número de prótons no núcleo do átomo, que corresponde ao número atômico do elemento. Por exemplo, o sódio (Na) tem número atômico 11 porque no núcleo de seu átomo existem 11 prótons.

A classificação periódica dos elementos corresponde à organização dos elementos químicos em ordem crescente de número atômico na Tabela Periódica. Esta ordenação segue a Lei da Periodicidade proposta em 1913 por Henry Monseley (1887-1915).

Atualmente, existem 118 elementos químicos, sendo que 92 são naturais (encontrados na natureza) e 26 são artificiais e produzidos de maneira artificial.

Os elementos que pertencem à família dos metais alcalinos são aqueles que pertencem à coluna 1 ou IA. Respectivamente, na ordem da Tabela, eles são: Lítio (Li), Sódio (Na), Potássio (K), Rubídio (Rb), Césio (Cs) e Frâncio (Fr).

Os halogênios são os elementos que compõem o grupo 17 da Tabela Periódica. Os halogênios mais usados no cotidiano são o flúor, cloro, bromo e iodo. O astato é o elemento químico mais raro da crosta terrestre.

Os metais alcalinos terrosos fazem parte da família IIA ou do grupo 2 da Tabela Periódica. Receberam esse nome porque suas terras, que é o antigo nome dos óxidos, são básicas, ou seja, alcalinas.

Os períodos e as famílias da Tabela Periódica são, respectivamente, as colunas horizontais e verticais nas quais os elementos químicos estão organizados.

ástato

O ástato só existe na crosta terrestre como isótopos radioativos. A quantidade total de ástato na crosta terrestre é estimada em menos de 32 gramas, sendo considerado o elemento mais raro do mundo. É encontrado em minerais de urânio e tório, porém em quantidades muito pequenas (traços).

A Tabela Periódica que usamos hoje é organizada em linhas horizontais em ordem crescente de número atômico. Você deve consultar a Tabela Periódica como se estivesse lendo um texto normal, ou seja, você sempre começa pela primeira linha e do lado esquerdo para o direito e depois segue descendo para as próximas linhas.

Na Tabela Periódica, são classificados em: semimetais. metais de transição. metais alcalinos.
...
Já no meio siderúrgico, são separados em:

  • metais ferrosos.
  • metais não ferrosos.
  • metais pesados.

As principais propriedades periódicas são: Raio atômico, Energia de Ionização, Afinidade eletrônica e Eletronegatividade.

– Nos elementos representativos, os elétrons de diferenciação são: s ou p, os números de elétrons das camadas internas completas são: 8, 18 ou 32. – Os elementos de transição, apresentam o elétron de diferenciação d, e os orbitais d internos são incompletos, como por exemplo: ferro.

Define-se elemento químico como um conjunto de átomos que apresentam no interior do seu núcleo a mesma quantidade de prótons, ou seja, átomos com o mesmo número atômico (característica representada pela letra Z). Os elementos químicos podem ser chamados ainda de substâncias simples.

Ametais são um conjunto de elementos que possuem características opostas às dos metais. São 22 ametais, os quais estão mais à direita na Tabela Periódica. Os cobiçados e belos diamantes são cristais formados única e exclusivamente por átomos de carbono, um ametal.

Os metais alcalinos são elementos químicos presentes no primeiro grupo da tabela periódica, chamado de família 1A. Recebem esse nome pois eles reagem facilmente com a água, formando substâncias alcalinas, como os hidróxidos. Os metais alcalinos mais abundantes no planeta são o sódio (Na) e o potássio (K).

Uma base (também chamada de álcali), de acordo com a química clássica, é qualquer substância que libera única e exclusivamente o ânion OH (íons hidroxila ou oxidrila) em solução aquosa. Soluções com estas propriedades dizem-se básicas ou alcalinas.

Os elementos da família 17 ou VII A da Tabela Periódica recebem o nome de Halogênios, representados pelos cinco elementos listados a seguir: Flúor (F), Cloro (Cl), Bromo (Br), Iodo (I) e Astato (At). Frequentemente são representados de maneira genérica, pela letra X.

Características dos Halogênios
Os halogênios são fortes oxidantes e reagem, principalmente, com os metais alcalinos (Família I A) que apresentam a tendência de doarem um elétron. Também reagem com os metais e os gases nobres (Família VIII A).